TE PENSO ENTRE OS MEUS TRÓPICOS



Te penso entre os meus
Trópicos que vão dos
Meus seios até os meus
Receios e desmaiam
Em teus braços de rio
E de correnteza, de luz
E de bela delicadeza.

Te penso entre seda
E cetim com cheiro
De paz e jasmim.Te
Penso assim sorrindo
Para mim pelas dobras
Da tarde,pelas curvas
Da noite num luar sem
Começo, meio ou fim...


Te penso nas coisas boas
E loucas que põem água
Na boca e movem o céu,
O ar e o coração para
Uma dimensão que só
Amantes podem sentir.

Te penso em uma outra
Existência, num tempo
Fora do tempo, no vento
Trazendo pólen e cor
Para minhas pétalas e
Para a minha rara flor.

Te penso em trégua,
Em entrega, em beijos
Que vão de minhas
Ribeiras até os meus
Montes deitados em
Alegria e horizonte.

Te penso em saliva
Na pele, quente e
Viva, exposta ao que
Me é poesia e prazer.
Te penso e quanto mais
Penso, mais sei que amo
Você, mais sei que estou
Sedenta e sequiosa, mais
Eu quero te beber,Amor.

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana