SOBREVIDA

 Quadro de Irma Kusiani





Se eu sobreviver a vida
e a eternidade do agora,
a hora será mais mansa
e eu saberei por que quero viver
ou morrer.

Não perdi a consideração
por mim mesma ainda.
Mesmo quando eu não puder
mais comigo mesma,
vou pôr os pés
no chão e tentar mais um vez.

O que vier depois
será apenas poesia
ou quem sabe insensatez
Não sou mulher de abandonos
ou  grandes ousadias.
Sou mesmo é uma sobrevivente.



Karla Bardanza









Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana