ESTOU VIVENDO, VOLTE MAIS TARDE

 John Rush




Estou vivendo.
Volte lá pelas onze,
bem depois que eu tiver novas leis
e melhores desenganos para contar
na ponta da língua do coração.

A minha porta está fechada.
Por enquanto
coisas que mudaram os meus pecados,
pausas que já cansaram de descansar,
o mar, apenas o mar e muita preguiça.

Estou vivendo
e aqui cabe apenas eu e eu.
O tempo é de descobertas
e dissoluções,
perguntas espertas
e minhas canções.

Tateio a porta
e vou em frente
completamente incompleta,
absoluta e inteira,
quase frágil,
quase.

Não se incomode 
se eu não voltar.
Estou do lado de fora de mim
e das coisas que me morrem.


Karla Bardanza



Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana