MULHER EM CHAMAS




Uma mulher em chamas

habita em mim.

Ela chega e me chama

sem falar.Ela ama e nem sabe

como amar...

Carrega labaredas mansas

e um incêndio tão particular

nas veias, no corpo,no olhar...

Sereia sem mar...

Musa sem poeta...

Aberta às flores,às cores,

aos amores,ela quer viajar

em seu próprio fogo.

E arde sem arder,

e é sempre entardecer

em seu destino de andorinha.

Em bando, está sozinha

voando para além de si mesma...


Uma mulher em chamas

dorme em minha cama...

Quieta em seus sonhos

e devaneios faz de seus seios

acalanto e ternura

e com seu abraço de candura

engole medos, vive em degredo...

Seus cabelos de encanto

são estrelas ao luar,

suas mãos de mar

são águas a afogar...

E ela tão calma

em seu fogo,entende o jogo,

faz de sua vida atrevida alegria...

Sem noite e sem dia,

ela caminha pelo ar,

e em sol radiante,

é amante de si mesma.

Tão distante,

vive em nuvens de algodão

deitada e florida

em seu próprio coração...


Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana