NAMORANDO PELADO


Quando tuas mãos deslizam
pelas minhas costas,
indo tão além do meu vestido...
Tentando perverter o pervertido...
Sou tão maçã...
Sou o fruto proibido...
Deixo-me invadir
pelo teu discurso indecente
e tudo perde o sentido...
Enquanto você me leva
muito além do bem e do mal...
Tudo de especial está no meu corpo...
Sou mar rompendo limites,
carregando teu desejo no meu coração,
descobrindo teu peito,teus pêlos
e tudo que posso com minhas mãos...
Tua boca em meu pescoço,
arrepio, frio de sedução...
Fecho os olhos,
sou escuridão...
E nada mais importa,
abro minhas janelas e portas
para você...
Tua língua em meus joelhos,
devaneios e de repente
dentro de mim,
encontro um jardim de delícias...
Não sei quem sou...
Eu me perdendo, você se achando,
a gente se amando...Beleza ne espelho...
E te quero tão mais e te quero assim...
Tudo é melodia,o amor tem som...
Acordo, já é dia...
Anoitecemos ao meio-dia,
e tudo recomeça...Pra que pressa?
Beijos e bocas,mãos e pernas,
quem recebe?Quem se entrega?
O mais belo quadro...
Namorando pelado,a gente se refaz...
Namorando pelado, te quero sempre mais...

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana