O AMOR NÃO É TUDO

O amor não é tudo.



Ele não pode alimentar


A minha esperança cansada


Tampouco matar a minha sede


De delírio e tempestade.






E eu dei minhas mãos para serem algemadas.






O amor não é tudo


Para quem ama além das palavras,


Para quem se dá inteiro e delicadamente.






E eu deixei minhas asas de cera derreter


Neste calor insensato.






Não receio esse amor que não é tudo.


Receio esse tudo que ainda não conseguiu


Deixar de ser amor.






Karla Bardanza


Comentários

Postagens mais visitadas na última semana