O FIM DORMIU DENTRO DE MIM

Quadro de Steven Kenny


Deixe-me te olhar
com os olhos cheios de ontem,
com a dor suportável
do amor.

Esse momento gentil
é apenas meu,
é  simplesmente um verso que escrevo
com as mãos da noite.

Há tanta delicadeza
em avançar ferida,
em sentir o além
do sonho.

O fim não é agora,
não foi antes.
O fim dormiu dentro de mim
e sonhou apenas contigo.

Deixe-me te buscar
nas estradas que vão
da pele ao coração,
nas coisas que não morrem nunca
porque não desisti ainda de sentir,
porque posso ainda parir estrelas
quando olho os detalhes
escondidos de tua alma.


Karla Bardanza







Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Valéria Cruz disse…
Muito lindo!!!
"porque posso ainda parir estrelas"
O que dizer depois disso?
Bjão
V.

Postagens mais visitadas na última semana