DO AMOR QUE PASSOU E FICOU

Quadro de Alessia Iannetti






Ainda nos olhamos assustados,
escorregando para o mais distante
da mesa, guardando tudo e nada
na boca esmagada pelo
absurdo medo de pular a cerca
do tempo devorador.

Todos os movimentos
são em 
falso
jeito de existir.

Afundo em mim,
olhando você entrar no carro,
mais difuso,
desobservando os desenhos
do teu cigarro ao redor.

E quando partes,
é sempre tu que estás
muito mais cansado e só.


Karla Bardanza



 Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana