DAS MINHAS POUCAS VERDADES



ainda ontem
eu senti.

e senti.

mudar a rota,
cliché que aborta,
um pouco de ódio
maturando
eu senti.

essa é quase eu.
poeta pela metade,
mulher que arde,
dias infinitos de luta.

puta saudade
de semear o amor.
eu ainda sei.
eu ainda sou.

palavras que me escolhem,
coisas que me fazem menor.
eu estou aqui
e nem disse ainda
a que vim.

de tudo
posso apenas dizer
uma única coisa:
eu senti.

karla bardanza


Copyright © 2016 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Share this:

Sobre a autora dos rabiscos

Eu sou uma mistura de todas as pinturas, poesias, citações e fotografias. Eu sou uma mistura de todas as artes delicadas. Ora sou tudo, ora sou nada.

0 carinhos recebidos: