CHEGA


E me debruço sobre mim mesma...

Pendurada no alto de minha ilusão,

Sinto o que posso sentir...Fugir...

Fugir...Cruzo os braços...

Fecho os olhos.

Nenhum traço do que fui

e se fui ou sou...

Amei, amastes...Quem amou?

E me debruço sobre meu coração...

Chega de chorar!O que passou,

passou...


Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana