A POETISA E A LUA




Lua ,senhora do sonho e do pesadelo,


das lembranças e do esquecimento,


leve-me junto com o vento


para a eterna noite de magia.


Ó lua amada, dama da poesia,


mostre-me tua obscura face,


teus mil disfarces de medo,


segredo para guardar na alma.


E se tempo sobrar,


deixe-me viajar pelo abismo dos sentimentos,


momento para desvelar


quem sou eu e o que será.


Lua de mil fases,deusa de difusa luz


seduz meu indeciso coração com o


teu orvalho,com tuas lágrimasde flor,


acolha-me em teus braçosde suavidade.


Sou apenas saudade encantada


te buscando no céu.


Ó lua de belos véus,


um laço tênue do desconhecido nos une.


Fio condutor a nos guiar


para além desta vida ,


para além do amor e de amar.


Ártemis, Selene ou Hécate,


Estou aqui, venha me levar.


Sou apenas uma mulher


que se alimenta de paixão.


Sou apenas uma poetisa


que eterniza as coisas do coração.


Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana