MULHER-POESIA


Namastê!
Enquanto olhas para mim,
Olhe para dentro de você.
Aconchegue-se em tuas
Profundezas de luz e flores
E sente para ouvir a
Música da alma.
Venha viajar com
Esta devadasi
Por templos num tempo
Em que Deuses e Deusas
Dominavam o mundo e o vento.
Sinta o sagrado,
Liberte o teu pensamento.

A vida é sonho.
Aprenda a sonhar.
A vida é dança.
Aprenda a dançar.
Cheiro de incenso,
Jasmim e luar.
Meu salangai
A te inebriar.
Sou o céu, sou o mar...
Minhas mãos são beleza
A te encantar.
Meus olhos são delicadeza.
Sou poesia em movimento.
Sou flor,
Sou sentimento.

Deixe-me te levar
Onde sonhos são promessas
E a vida é fascinação.
Abra tua alma
E o teu coração.
Deixe esta devadasi entrar,
Venha me acompanhar.
Permita que a tua alma
Seja uma borboleta.
Levite com meus mudras.
Encante-se...Encante-se...
Com esta singela dança...
Bharanatyam...
Flutue nesta luz, veja-me
Hoje, sempre e amanhã...

Sou uma devadasi, carrego sonhos,
Graça e magia...
Sou a que é eterna...

Contemple esta mulher-poesia...


Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana