DO CORAÇÃO A PELE







Do coração a pele levas-me em melodia.
Textura de sonho belo a enganar e a iludir...
Nos teu corpo componho a eterna sinfonia
Dos amantes tristes que não sabem sorrir.

Sou Julieta, Heloísa, sou a dama sem alegria.
E vivo a delicadeza de estar sempre a mentir.
E nem importa se fiz da noite um novo dia,
A vida deu-me asas, vou apenas voar e sentir...

E é bom sentir e sinto tudo e sinto muito e tanto.
E não paro de entregar-me a esta linda ilusão.
Venha alimentar-me com o teu cruel encanto.

Venha rasgar este meu cansado e tolo coração.
Nada pode causar-me maior doçura e espanto
Do que estar nos braços desta louca emoção.

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana