O PARAÍSO MUDOU PARA DENTRO DE MIM







O paraíso mudou para dentro de mim
E minhas janelas e portas estão abertas
Para avistar o meu mais belo jardim.

Flores abrem-se em delicadeza, pétalas
São tenras belezas, a natureza enfeita-se
Para abraçar-me e receber-me em mel.

Minha alma traduz-se em luz, sol e céu
E o meu espelho é um rio de mil sereias...
Sinto correr em minhas veias um tempo
Infinito que espera em eternidade, paz e
Radiantes sensações.Canções suspiram,
Olhando-me bem lá no meu mais tenro
Sonho e as nuvens conseguem me ler.

A lua entra em meu bolso e eu ouço
A minha própria água que deságua
Em florida melodia.Tudo anda em
Comunhão dentro de meu mistério
Sem segredo e em degredo encontro
Um chão de bolhas de sabão lá dentro
De meu calmo peito e de meu olhar.

O paraíso mudou para dentro de mim.
Agora coleciono sentido e sentimento
Com cheiro de possibilidade e alecrim.

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana