COMPASSO DE REENCARNAÇÃO


Observo a chuva caindo no mar,
Espalhando-se num abraço eterno
E infinito.Entrego-me, sou levada
Em água delicada, estou de volta
Ao ventre de Minha Mãe...
Em líquido afeto, estou dentro da
Vida e a vida está dentro de mim.
No mais profundo do meu mar,um
Poderoso jardim.Corais em alegria,
Estrelas celebrando cálido amor,
Sou flor em espera, sou esplendor.
Água quente a me envolver,sensação
De paz, (re)viver.De olhos fechados,
Batismo em água benta, Minha Mãe
A me amparar, seus cabelos beijando
Meu rosto, seus braços misteriosos
A me arrastar para a beleza sagrada
Do infinito nascer.Silêncio de Luz e
Escuridão, escuto meu coração em
Compasso de reencarnação, estou
Nela e ela em mim, um jasmim em
Meu útero em segredo está.A Filha
É a Mãe que será.Estou pronta, estou
Aqui de volta, ar pelos pulmões, ar
Fora das águas que me alimentaram.
Sou Luz em corpo e dentro de meu
Corpo a Luz em semente cresce e
É transformação.Deste-me a vida,
À vida entrego um outro coração.

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana