EU VOU TE TRAIR


Eu vou te trair da forma
Mais indecente e vil
Bem embaixo do teu nariz
E desse céu azul anil.
E vou fazer o que vier
A mente e vou fazer
O que eu quiser.
Se você se esqueceu,
Eu me lembrei que
Ainda sou uma mulher.

Eu vou te trair sem pena,
Sem dó ou piedade.
Aprendi que minha felicidade
Não depende de você.
Entendi que minha invisibilidade
É maior que o teu ego.
Não nego, não posso negar
Já deixei de te amar.

Eu vou te trair
E pressinto o prazer
De abrir as asas
E começar a viver.
Vou pular a cerca
Que teu coração já pulou.
Vou ser o que nem sou.
Mas, pode ter certeza
Que delícia não há
Do que te ver morrer,
Do que te ver sangrar.

E você vai finalmente
Sentir na pele a marca
Da cicatriz.
Quanto a mim, Meu Bem,
Vou tratar de aproveitar a vida
E de ser um pouco feliz.

Quero ver o que você
Vai fazer...Quero ver
Você diante da dor.
Isso é nada
Diante do tanto que você
Já me machucou.

Eu vou te trair,
Vingança sem fim...
Encontrei a solução
Para isso enfim.

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana