NUIT


Quando os fios do amor

Dobram lentamente e a

Lua nasce mais vez dentro

De meus olhos cobertos

De silêncios, o meu ritmo

É doce e lento, a minha

Pele fica coberta de estrelas:

desenho sonhos em meu

Corpo, bordando o céu com

Todas as galáxias e abismos.


Abro os meus braços para

Arquitetar a melhor fantasia,

Tecendo asas, arrancando

Palavras guardadas na boca

Meiga da poesia.

Eu sou o contínuo espaço cósmico,

O tempo fora do tempo, a eterna

Noite engolindo o sol e o dia.

Curvo-me sobre o meu amor

E o guardo em meu mistério infinito.

E apenas sinto.

E apenas sinto.



Karla Bardanza

Deusa do céu, filha de Shu e Tefnut, irmã e esposa de Geb, mãe de Osíris, Isis, Set e Nephthys. Geralmente representada como uma mulher de pele azul e corpo coberto de estrelas inclinada sobre seu marido, representando o céu arqueado sobre a terra.







































































Comentários

Postagens mais visitadas na última semana