NO ESCURINHO


No escurinho,
O melhor do
Proibido...
O desejo louco
E intensamente
Sentido...Tuas
Mãos indo tão
Além do bem,
Da moral e dos
Bons costumes.
E eu...eu...em
Alguma lua, e
Eu quase nua.

No escurinho,
O melhor e
Mais perfeito
Conhecimento
De causa, de calça,
De alça, do vento.
Eu e você em
Pele, em pêlos,
Em gemidos,
Esprimidos pelas
Paredes, pelos
Portões,pelo
Desejo...Beijos
Aqui, ali e acolá.
Tudo em slow
Motion, tudo
Bem devagar.

No escurinho,
Você bebendo,
Você ensinando,
E aprendendo,
Você tremendo
De tanto prazer.
No escurinho,
Eu e você indo
Sem medo, indo
Sem segredo
Para a escuridão.
No escurinho,
O sexo profano,
A melhor sensação.
O tabu quebrado,
O nosso momento
Mais lindo e sagrado.

Karla Bardanza

Comentários

li um poema teu sobre laskimi na net...adorei. lindo!
Sintonia e perfeição,me vejo em ti...
Vishnu e Lakshimi, casamento ideal,
eu e você,amor especial,
espelho e voz, nós em tantos karmas,
Samsara,nós em tantas vidas...
Olhe minha alma,
quantas vezes já fui tua?
Lua, amante lua a te iluminar,
eu sou teu início, teu fim,
eu vim por você e não por mim...
Eu sou teu resgate, tua amada parte...
Não vês porque a culpa?
Não entendes teus próprios cuidados?
Tua profunda delicadeza,e
tudo mais que te faz sofrer...
Sentes que te dói me magoar?
Sentes que me matar e te morrer?
Muitos e muitos outros tempos...
Sempre eu, sempre você...
Almas de viagem,
Amor de minha alma,
não tenho pressa...
Somos o que temos que ser nessa dimensão...
Tens a mim, tens meu coração...
Sempre terás...
Numa outra vida,
uma verdade esquecida.
Numa outra...encontro real...
Descanso...
Nirvana total...
Te deixo minha paz,
te deixo meu amor
e tudo mais...
Caminho para o céu,
minhas irmãs estrelas a me esperar...
Podes ir,
te liberto,
encontres outra para amar.

Karla Bardanza

Postagens mais visitadas na última semana