...ISSO TALVEZ AINDA ESTEJA EM TUAS MÃOS...


De ti guardo
Nuvens, quase sonhos.
Cristal lapidado pelo
Temporal, pelos beijos
Perdidos pelo ar.

E se amar é essa dor
Cheia de delicadeza
E esplendor, sinto e
Sinto a espuma do
Mar trazendo o passado
Bordado de pérolas e
Plumas.

E se nasço, logo
Depois morro.E se
Aquieto, Depois corro
E corro de mim e corro
De ti e sofro como quem
Sorri.

Leve mistério de
Meu coração.
Segredos de uma vida,
Chances de saída...porta
Fechada, mulher nublada
Diluindo em gotas, em
Raios e trovoadas.

Chuva fina confundindo
Tudo...vidraça sem visão,
Isso talvez seja o amor...
Isso talvez ainda esteja em
Tuas mãos.

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana