A POESIA DO MOMENTO



Caminhei pela ventania.

Meus cabelos alegres desmanchavam

Pelo meu cachecol vermelho enquanto

Eu apenas sentia a poesia do momento,

Esquecendo de mim com ousadia.



Fui andando sem me proteger

Do vento do sul.

A trajetória foi silenciosa e mansa.

Mas não acreditei no meu silêncio:

Dentro de mim o coração era folha

Carregada, era pétala, era flor.

Em mim tuas palavras perfeitas

Flutuavam sem esforço,

O pólen frutificando em paz.



E na metáfora do instante,

O amor foi semente carregada pelo

Vento do sonho uma vez mais.



Karla Bardanza









































Comentários

Postagens mais visitadas na última semana