A VELOCIDADE DO DESENCONTRO


Quando perdemos a hora,
Os relógios eram apenas
Silêncio e cansaço.
Minhas olheiras eram do
Tamanho do meu amor
E as estrelas apenas bocejavam.
Lembro bem que peguei
O trem das cinco e você ficou
Do lado de fora, vendo
Eu ir embora. Acho que acenei
Mas você me deixou livre.
Quando olhei para trás, vi
Um pouco de ti nos trilhos
Sombrios. Bifurcações, sinais
E algum perigo no caminho
Fizeram o trem descarrilar.
Adorável acidente.
A velocidade do desencontro
É sempre igual ou maior que
As hipóteses que um grande
Amor nos traz.




Karla Bardanza































Comentários

Postagens mais visitadas na última semana