FLOR DE CACTUS


Sobrevivendo sem água ou qualquer outro cuidado,

A flor de cactus floresceu sozinha em algum deserto

Tropical perdido, escondida por seus espinhos tímidos

E uma pedra quieta, num tempo que chegou sem

Nunca ter sido.



Adaptou-se ao ambiente árido e silenciosamente cresceu,

Fingindo que era forte quando sempre foi tão frágil. Com

Tanto medos das tardes escuras e tudo que era novo, a flor

De cactus aprendeu a viver em exílio, calada, suspensa entre

O muito e o quase nada.



Por ser tão difícil de lidar devido aos seus espinhos e grande

Solidão, ela é uma beleza raramente apreciada ou cultivada,

Mas, ela brilha mesmo assim por ter todas as qualidades

Necessárias que uma vida difícil lhe impôs.



Linda planta com doces espinhos, as pessoas lhe temem.

Eles não sabem de sua dor ou de todas as cicatrizes que

Tens ou mesmo quantas vezes chorastes, olhando a

Lua azul pendurada nas nuvens.



Um enigma delicado, esta flor sempre será para aqueles

Que não tem coração ou que são totalmente cegos, pois

Ela guarda todos os mistérios que não se podem ver,

Todos aqueles que são belos e tão refinados e estão

Tão distantes do céu e de você.







Karla Bardanza





Comentários

Postagens mais visitadas na última semana