MUITO OBRIGADA


Seria incorreto dizer que não fui feliz.

Tudo foi visceral, entrei em curto.

O amor atemporal me fez aprendiz.

Será que foi cegueira ou um surto?



Deixei você me invadir com delicadeza.

Acho que foi por causa do seu humor.

Você está sempre vestido de sutileza.

Creio que desconheces a santa dor.



Eu que já nasci na tristeza do flagrante,

Encontrei em tua paz tantas respostas.

Vivi com tua presença a cada instante

E reconheço que perdi todas as apostas.



Eu agradeço a gentileza e o tempo dedicado.

Sei da tua tão difícil agenda e disponibilidade.

Vou guardar tudo que foi terno e delicado

E até o que chamastes de impossibilidade.



Obrigada pelas palavras atiradas ao vento,

Especialmente as mais cruéis e dolorosas.

Teu modus operandi exclui o sentimento

E o meu é imperfeito como todas as rosas.



Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana