ANONIMATO



Não sei nada,
nem o que deveria saber.
Todas as lições estão esquecidas
ou talvez mofadas.

O diploma está guardado
numa pasta que
não cabe mais
nenhum outro
conhecimento.

Continuo a mesma
de sempre:
um dia fico mais angustiada,
em outros,
`começo agonizar às 5 da manhã.
Alguém providencie um analista
junguiano
(Freud é chato demais)
e um divã.

Pode olhar para mim:
sou uma perdedora
com curso universitário,
catando as moedinhas
para o bilhete unitário.
Sou uma mulher
de livros e dúvidas.

Não vai ter problema
nenhum se eu morrer
bem agora.





Karla Bardanza









Observe-me com a leveza de uma bolha de sabão... e ache minha beleza... Ela está ao meu redor...no meu calor...no meu estado permanente de flor.
-Karla Bardanza-

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana