MINHA MÃE ME ENSINOU A VOAR

Quadro de Alice Mason



Minha Mãe me ensinou a voar.
Uma vez ela me perguntou
se eu queria ser uma borboleta
ou um passarinho.
Respondi que não sabia.
Queria mesmo era abrir as asas
e ir cair de cabeça nas nuvens.
Desde então, fiquei
lá em cima
e, sinceramente,
não sei como pousar.

Minha Mãe me ensinou
a caçar tesouros em profundezas ignoradas.
Uma vez mandou que eu me olhasse
no espelho e perguntasse a mim mesma
se eu merecia aquilo.
Respondi que não sabia.
Mas fui correndo pra frente
do espelho e fiquei cara a cara
comigo mesma, olhando bem
dentro dos meus olhos
e repetindo várias vezes:
não mereço,
não mereço,
não mereço.


Minha Mãe me ensinou
a caçar estrelas.
Ela falava assim:
você pode, você pode.
Eu sempre acreditei nela
e às vezes, mesmo sem poder,
eu podia.

Minha Mãe sempre falou verdades
que eram dela.
No início, eu não queria escutá-las
e fiz o que a minha cara
e corpo dava.
Agora, falo as minhas verdades
para a minha filha.
Engraçado, acabei ficando
igualzinha a Minha Mãe.

Minha Mãe é uma Mulher
Inigualável.
Foi forjada nas intempéries da vida:
perdeu a Mãe aos 2 anos de idade
e chorou a vida inteira por não ter tido
tempo para ficar no colo de quem
sempre amou sem ter sequer conhecido.

Minha Mãe
é sagrada.
É extensão de tudo 
que é divino.
Todas as coisas provem dela
e todas as coisas voltarão 
para ela.

Minha Mãe
me entende.
Quando choro,
ela chora também.
Minha Mãe
me admira:
os olhos dela brilham
quando ela olha para mim.

Minha Mãe
é o meu tudo:
o meu princípio, meio e fim.
Depois dela,
não haverá mais nada.

Minha Mãe
é a principal culpada
de eu ser assim:
uma mulher em estado permenente de flor.

E se o amor 
tem outro nome,
eu aprendi também
porque ela me ensinou
que o amor é o irmão do bem.

Essa é a Minha Mãe:
uma mulher, uma menina,
uma fada, uma feiticeira,
uma Deusa,
uma Deusa.


Ajoelho aos pés dela
e ela me abençoa todo dia.


As pessoas não sabem
mas acho que o nome da Minha Mãe
é também poesia. 
Esse é um segredo nosso.
Um dia a minha filha vai descobrir
isso de mim também.



Karla Bardanza



Para Minha Mãe.








Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana