POEMA

Quadro de Serena Potter




Você dormiu.
Meus olhos morreram.
Minhas palavras morreram
e o amanhã chegou calado hoje.

O infinito
vestiu as minhas palavras
de frio e a tarde de branco.

Descanse na Luz.
Descanse.

__________________________________________________________

O amor é sempre a vida que resta.


Karla Bardanza


Agosto foi um mês muito difícil para mim e foi embora levando o meu tio hoje. Ele foi um lutador e eu o admiro. Desculpem, estou sem palavras.





Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Helô Müller disse…
Sinto muito, Karla!
Belíssimo lamento em sua poesia...
O amor sempre vence a dor!
Bj grande!

Helô

Postagens mais visitadas na última semana