OS LONGOS INTERVALOS ENTRE O SOL E AS NUVENS

Laura Den Hertog





Recupero os teus detalhes,
acariciando as pequenas maravilhas
que o ontem traz como
segredo e contradição.

Palavras cortadas ao meio,
sentidos e semi-buscas
quando nos olhávamos
com medo de ver
mais do que queríamos;
pequenas coisas
perdidas entre o tentar
e o quase ser.

E mesmo assim,
deito em minhas lembranças
com a confortável certeza
de que fiz tudo que
a poesia me ensinou
para poder te amar
melhor e mais
quando não havia nada
entre a nossa calma guerra
e agressiva paz,
quando as minhas pálpebras apertadas
só queriam mesmo é ser redescobertas, 
quando todo o nosso silêncio
foi apenas longos
intervalos entre o sol
e as nuvens.



Karla Bardanza






Copyright © 2013 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Vim para encontrar novos amigos e ao mesmo tempo divulgar meu blog,
Boa poesia que encontrei no seu blog que óptimo,
Quero apresentar o Peregrino E Servo.
Se desejar fazer parte esteja à vontade.
Sou António Batalha.

Postagens mais visitadas na última semana