RECEBA-ME


Entre o que dizes e calas,
Onde estou?
Em sonhos, nas curvas do
Horizonte,
Esta tua mulher
Tão amante.
Abrace-me para
Que tudo tenha
Outro sentido.
No meu ouvido,
Teu desejo em gotas.
E eu sou um intervalo
Entre o real e o
Imaginário.
Nas páginas de tua mente,
Esta que tudo sente.
Esta que precisa tanto te proteger.
Quero tanto mais você...

Entre o que vivemos e a vida,
Sou a mais atrevida.
Aquela que te rasga
O coração
E enfia as mãos
Em teu peito,
Sem pudor,
Sem respeito.
Beije-me para
Que tudo seja
Tão sagrado.
Amado amor
De minha alma,
Sou um turbilhão
Entre as estrelas
E o luar.
Nas linhas do destino,
Eis esta que sempre
Te amará.

Receba-me em Luz...
Receba-me em Paz...
Receba-me nesta vida...
Receba-me outra vez mais...


Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana