VAMPIRA


Asas abertas,

vôo solitário,escuridão,

delicada escuridão

a envolver,

quem é você?

Maldito destino,

desatino é te conhecer,

belos olhos de matar

e morrer...Vida para quê?

Noite irmâ,solidão,

o que há dentro de ti?

Apenas isto que não podes

evitar,natureza predadora,

sina de matar...

Morta mulher a caminhar

pelas curvas da madrugada,

amada sem alma,sangue

e só o sangue te acalma..

.Uma vítima incerta,

Uma vítima incerta

,teus passos calmos,

teu olhar de mar

a afundar,a levar

para o profundo luar...

Senhora da noite,

onde é o teu lugar?

Morte para amar...

Escuridão ao redor

,escura escuridão

dentro de ti...

Sol a desapontar,

lá se vai ela tão só

dormir dentro de mim...


Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana