EU REVISITADA



Derrida desconstrua-me
Depois dos destroços...
Foucault fabrique-me
Frágil e em fragmentos...
Sartre sirva-me silenciosamente
Sentada e sensível e insensata...
Espero Godot...Espero...
Um teto todo meu
Junto com Virgínia...
Preciso libertar esta escrava
Que me habita...Tchecov
Ajude-me, please...
Um pedaço meu é de
Dalton Trevisan, outro
De João de Barros, outro
De Leila Miccólis, de Martha
Medeiros, Alberto Caeiro,
Alice Ruiz,Helena Ortiz,
Quem pode entender,
Onde está o juiz?
Fernando na minha pessoa.
Florbela me espanca
Com sua sede do infinito,
Grito Ana Cristina C...
Você Sylvia...Plath...
Anne Sexton...Hilda Hilst...
Algo existe para além
De mim, alteridade...
Felicidade é a poesia,
É a bela metáfora,
É a minha filosofia.
Literatura sempre,
De noite e de dia.

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana