UM GRÃO DE MIM


Doces geografias
Trago em meu olhar.
Perto do coração,
Uma flor de manacá,
E para onde lanço,
Meus olhos de flor,
Contemplo magnólias
E camélias, manjericão
E alecrim.
Pensamento de sonho...
Um grão de mim...

Cresce tudo ao
Meu redor:
Lavanda e acácia,
Murta e lírio...
E eu me sinto
Um tanto menos só.
E olhando vejo que
O tempo se deixa ver.
E mesmo sem olhar,
Vejo sem querer
Um grão de mim
Na face sonhada
De uma árvore rebelde,
De uma flor recatada.

Pensamento de sonho,
Vulto à meia-luz,
Eu sou apenas
O que o papel traduz.
Um grão de mim
Feito à medida da poesia.
Tatuado com flores
E letras de fantasia.

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana