SEDUZA-ME


Seduza-me...
Sim, seduza-me...
Abra-me rosas de
Veludo e seda, pétala
Por pétala a delicadeza.
O toque sagrado de flor.
Construa pontes entre o
Tempo de mitos e os
Ritos da Deusa, dê-me
Certezas de luar,promessas
Em solísticios, o início,
Sempre o início sem
Jamais terminar.

Seduza-me...
Sempre, a porta
Aberta, as mãos
Dispostas ao encontro.
Escreva-me cartas
No corpo, na pele
A palavra de amor
Atemporal, promessas
De alma.Passeie
Em meus poros.
O charme do
Desejo.

Seduza-me...
Minha eternidade
É limitada.Meu
Momento é efêmero
E etéreo.Unidos
Somos poder,
Separados somos
Apenas força.
Ouça,
Essa que é
Céu e mar.
A brisa enlaçada
Ao luar.Aquela
Que te pede
Sem falar.

Seduza-me...
Eis que meu
Corpo é tempo
E a vida,
Um punhado
De alguns
Momentos
Rabiscados
No coração
De quem
Ama.

Seduza-me
Antes que
O meu
Amanhã
Seja tarde
Demais.

Karla bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana