COISAS SAGRADAS



Coisas sagradas
Habitam silenciosas
Mundos diversos.

Nos olham
E apenas
Sentimos.

Nos falam
E quantas vezes
Nem sequer ouvimos.

Coisas sagradas
Estão tão perto
E tão longe.
Para toca-las precisamos
Nos banhar nas águas
Do amor.
Precisamos ouvir
A voz do flor.

Coisas sagradas
São invisíveis
Aos que fecharam
As portas.
Aos que apagaram
A luz.

Na escuridão
Abunda tudo aquilo
Que parece e
Não é.

Coisas sagradas
Estão dentro de ti
E de mim, estão
Aqui e ali, estão
Em cima e em baixo.

Aquiete-se...
Feche teus olhos,
Abra tuas mãos,
Onde está o teu
Coração?

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana