FEITIÇO








































Quando chegas com o
Teu feitiço,
Salto para o infinito
Prazer.
Entrego tudo que
Tenho para você.



Abro minha foz,
Perco a voz,
Sou trem descarrilando,
Sou pipa voando
Para além de mim
E do céu.



Tua língua
Vasculha e devora
Meus canteiros,
Beija meus sonhos
Inteiros
E eu perco
A direção
Quando estou
Tão tua em
Tuas mãos.



Fecho olhos
Para encher
A noite de suspiros
E sussurros
E o que começa
No claro não termina
No escuro.



Beijas minhas pernas,
Lambes minhas costas,
Encostas em minha alma
E tua paz me acalma,
Me alivia, me agarra,
Me arranha,me assanha,
Me acanha,me lanha.



E tudo
É beleza
No olhar do espelho.
Meus joelhos se confundem
Com os teus cabelos,
Meus oceanos nus em pêlo,
A te levar ao sonho
Essencial.
Igual luar,
Sou mar arrebentando
Muros, sou o deslimite,
Sou o desejo em
Mãos, sou apenas
O teu coração.



E quando chegas
Com olhares
E convites,
Vou pelos ares
Em êxtase e loucura,
Sou mulher enfeitiçada
Por corpo e delicadeza,
Sou a minha própria surpresa.



Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana