MAR DE SONHOS


Joguei minha rede no céu
E arrastei uma constelação.
Estrelas de todas as cores.
Mar de sonhos a enfeitar o
Meu coração esculpido em
Cristal e flor. Doce tempo
Fora do tempo, eterno amor

Joguei minha rede e arrastei
A lua e seu silêncio de pérola.
Sintonia de louca ou mulher?
Arrastei-a para perto de mim,
Para onde todo mundo quer.
E ela quieta iluminou apenas
O meu jardim, nascendo e
Morrendo de alegria em meus
Confins.O mar era um sonho...

Um sonho sem início ou fim.
Nas teias da fantasia, os anéis
De Saturno brilhavam também
Em meus dedos, segredos de
Aliança e alma, lembrança de
Pétala e calma. Fios abraçando
Planetas:Vênus e Plutão, Marte
Em minhas mãos. O mar estava
No céu e o céu estava lá no fundo
Do mar.Pescando, aprendi a sonhar.

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana