JÁ FUI MAIS EU


Meu corpo não me obedece.

Minha mente perdeu a inspiração.

Estar doente:

(Ai essa virose está acabando comigo!!!)

É a eterna arte do desassossego.



Olho para fora,

Olho para dentro

E apenas penso nos meus glóbulos brancos

E vermelhos.

Deito, sento, levanto

E tudo dói até a minha falta de criatividade.

Tenho saudade de mim.

Já fui mais eu, já fui mais forte.

Agora quando não choro,

Adoeço.



Tarefa dura

Ser saudável.



Karla Bardanza







































Comentários

Postagens mais visitadas na última semana