GOZO




Deslizo sem governo

Para baixo.



-Suavidade-



Gotas pingam pelas

Minhas mãos.

Quentes, quentes.

Sorvo uma a uma

Até nenhuma cair.



-Força-



Cravo meus dentes

Com os olhos mortos.

Cravo meus dentes

Enquanto pousas tuas

Mãos na camisa.



-Prazer-



Passo a língua pela

Boca com tanta graça,

Saboreando, saboreando

Cada pedaço, cada veia

Aberta





-Fome-



Como

Como

Como

Tudo.

Engulo tudo

De uma só

Vez.



-Espanto-



E você atordoado

Encontra o buraco

No peito cheio de

Sangue.



-Gozo-



E assiste sem ação

Eu comer sem piedade

O teu injusto coração.



-Gozo mais uma vez-



Karla Bardanza








Comentários

Postagens mais visitadas na última semana