FORMAS E SENTIDOS



Essa cartilha ensina quase tudo.

Milhões de palavras abrindo o amanhecer

E eu apenas vejo o sol se pôr.



Meu caderno de caligrafia recusa-se a ter linhas

Sempre retas e perfeitas para o amor.

Impossível ter uma ortografia correta quando

As vogais e as consoantes trocam as pernas.



Tento soletrar o que está no papel.

Minha voz está ausente.



Sente.



Viro a página.

As mãos endurecem:

Meu astigmatismo não me permite ver,

Minha hipermetropia sonha:

Ainda há poesia nas palavras mal escritas.



Reescrevo o que ficou para trás.






Karla Bardanza







Comentários

Postagens mais visitadas na última semana