AS VOZES DENTRO DA MINHA CABEÇA

 Quadro de Vladimir Dunjic



Aqueles espelhos são como câmeras
filmando cada vez que eu faço 
qualquer coisa.

Eu falei para eles que eu estava
bem:
aquelas vozes não chamam mais 
o meu nome mas eles nunca
me ouvem.
Estou ficando cada vez mais gorda aqui,
dia após dia.
Me disseram que eu não melhoro,
que o meu comportamento não 
é aceitável.
O que é um comportamento aceitável?

Queria ter outras opções
além de ficar dopada,
e amarrada o dia todo.
Não consigo controlar a minha mente.
Me disseram que tem um monstro
dentro dela.

Fui classificada,
rotulada,
marcada.

As vozes nunca param
(eu menti para eles)
Alguém pode me ajudar aqui?
Elas estão gritando, gritando.
Não consigo fazer isso parar.
Não consigo.

Eu deveria tapar os meus ouvidos.
Se pelo ao menos eu pudesse ouvir música aqui...

Lá vem eles com aquela injeção.
Não.De novo não...

Quem sou eu?
Quem é você?



Karla Bardanza







Copyright © 2011 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana