PELO AVESSO

Quadro de Katie M Berggren




O amor como descoberta
entrou em mim quando pari.
Ela me dá gana de ser do tamanho
do mar, do céu.
Ela me dá vontade de ser definitiva.

Quando chegou,
já chegou plantando emoções 
e idéias rosas em mim,
me dando as cicatrizes da liberdade
e eu fiquei assim
afrontando o vento,
solidificando castelos no ar,
brincando com o tempo.

O amor como verdade
só fui saber quando deu a hora.
Ela saiu aqui de dentro
e o meu coração ficou para sempre
 batendo do lado de fora.



Karla Bardanza


Caros Leitores,


Não tenho conseguido postar assiduamente porque minha filha está doente. É mais um número na estatística que engorda a Dengue. Estou sem ar nem inspiração. Desculpem-me.











Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Helô Müller disse…
Bela poesia, Karla!
Espero que sua filha se recupere logo logo...
Bj
Helô
Karla disse…
Obrigada Helô. Você é sempre gentil Te agradeço o apoio e as palavras.Elas fazem bem para alma.
Amor e Luz!
Karla

Postagens mais visitadas na última semana