VIAGEM

Quadro de Juan Bautista Nieto




Meus sentidos querem a caridade dos céus,
as coisas mansas que habitam palavras que
ainda nem aprendi a falar.

Há tanta mágica nos silêncios, nos mistérios atrevidos
não escritos, em tudo que chega um dia 
mais cedo:
a alma respira duplamente.

E tudo me sente.

Vivo para além,
para chegar lá onde eu me transformarei
em amor.
Aqui é por enquanto.

Quando eu chegar
onde eu tenho que chegar,
quero estar sem bagagem nas mãos
porque nelas estará apenas
o meu coração.



Karla Bardanza









Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana