COM INTIMIDADES COM A ESPERANÇA

Quadro de Diego Dayer





Recebo-te com ternura,
andando na parede,
despreferindo o amanhã
porque o agora
me recita
e
expande,
alargando meus seios,
sentidos
e vontades.

Tudo em mim
é cheio  de nascentes:
meus olhos te divinam,
respiro tua boca,
tuas palavras vestidas
de silêncios e reticências.
Estou repleta de intimidades
com a esperança e
algo em mim
pertence as cores
e aos loucos.

Arreganho
os braços
para que esse momento
caíba inteiro em
mim
e
fique
como luz empoçada
em minhas profundezas 
e contradições.


Karla Bardanza



Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Bom dia!
Gosto de ler poesias sensuais,a sua foi perfeita.
Grande abraço
se cuida

Postagens mais visitadas na última semana