FERA DOMESTICADA

Quadro de Phillipe Augé





Minha fera,
guardo do lado
de fora
para atacar as horas indelicadas,
os dias abafados,
essas coisas
que me causam
dormência
na alma.

Ela fica ali
comigo,
sempre em eterna
prontidão,
bem quietinha,
bem distante do meu céu,
quase em outra
dimensão.

Quase nunca,
ela é feroz.
Só fica assim
quando as linhas
nas palmas de minhas mãos
 estão cheias
de nós.



Karla Bardanza




Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Bom dia!
Adorei a imagem e seu poema é lindo.
Temos uma fera dentro de nós,ela fica na espreita esperando o momento certo de atacar.
Grande abraço
se cuida

Postagens mais visitadas na última semana