EM MIM ESSA FALTA DE VOCÊ






Eis que a noite cai sobre mim


E o que vejo já não quero ver.


Apenas encontro destroços no jardim


Naquilo que já foi meu viver.




Com dor em meu peito,vergo.


O peso do meu coração é insustentável.


Nada em mim albergo


Salvo essa lágrima imutável.




E nada mais encontro na vida


Que acalme essa infinita dor.


Quem pode curar essa ferida


Além de você Meu Amor?




Por que levastes contigo


Este meu pobre coração?


Quero afundar no mar amigo.


Quero esquecer essa paixão.




O que sou e sou apenas sonho.


Sou quimera,dolorosa fantasia.


Sou triste música que componho.


Sou o vento levando uma melodia.




E o que vejo em mim é apenas pó.


E vejo e não quero ver.


Em mim a tristeza de estar só.


Em mim essa falta de você.




E agora sou morte em vida


E já não sinto o ar respirar.


Sou apenas mágoa refletida


Desse medo de ainda te amar.




Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana