UMA MULHER SEM CORAÇÃO




Uma mulher sem coração

Anda calma do meu lado

Olhar frio, mente afiada,

Alma de neve, toda madrugada


Quando chegou

Nem notei

Veio com o vento

Nem sei


Ela sem sentimento

Ela tão calada

Ela é destruição

Uma mulher nublada


Nada diz,dor guardada

Seu coração secou

Murchou numa revoada

Acho que alguém amou


Ela num canto

Ela desalmada

Sempre me causa espanto

Sempre despovoada


Anda abraçada comigo

E deixo ela me levar

Sou seu abrigo

Com ela aprendi a desamar


Ela me ensinou tanto

Como tão bem dissimular

Sou uma atriz, sou um encanto

Agora entendo bem a arte de amar


Depois que ela chegou

Nunca mais armadilha

Se alguém me amou, talvez

Sou uma ilha


Se amei, muito

Perdi e até sofri

Ela me ensinou a superar

Levou meu coração para enterrar


Acho que ele está por ai

Deve estar em algum lugar

Dentro de mim? Não

Aqui ele não está


Uma mulher sem coração

Está perto de mim

Murou meu jardim

Podou meu açafrão


Uma mulher sem coração

É meu surdo segredo

Nem sei mais quem sou eu

Ou se eu sou ela


E quando me olho no espelho

Lá está ela em perdição

E vou junto sem pensar

E faço o que faço sem razão


E já não penso

E nem quero mais pensar

Nunca mais dor de amor

Nunca mais amar...


Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana