MAIS QUE PRAZER




E quando acabar,

você já sabe o seu lugar.

Só apareça, se eu te chamar.

Não chore, não teça planos.

Puro desengano! DesumanoJeito de agir.

Eu sei,

Mas a gente aprende a fugir,

A não se dar, a esquecer.

Isso é só prazer!

Teu telefone, eu já sei de cor....

Tenho tanto dó!

De você, não!De mim...

Vou sumir até o teu cheiro

Sair de minha pele,até meu coração

Voltar para o meu peito.

Tem que vir de qualquer jeito!

Não te quero, não te quero!

Mas, esses teus olhos de mar

A me afogar,esse teus braços

De morrer e matar...

Tudo pedindo para eu ficar...

Preciso ir,voar...


É, quando a luz se apagar,

Deixa eu sonhar que estou

No comando,que mando...

Deixa eu mentir para mim...

Sinto tuas mãos,solto as amarras.

Enquanto estivermos aqui,

Quero acreditar que é só desejo,

Que não preciso de ti,do teu beijo,

Apoio,apego, mansidão...

È, enquanto eu estiver nessa cama,

Penso que tudo isso vai passar,

Que é só diversão,passatempo,

Uma grande brincadeira...

Sinto a intensa contradição...Sinto...

E você nem sabe, nem sonha

Que me tem nas mãos.

Que preciso tanto de você,

Que minto...Que isso,Amor,

Não é apenas prazer.


Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana