QUANDO O TEU OLHAR CAI NO MEU


Quando meu olhar cai no teu,
É o mundo é um lençol de cetim,
Habitas tão dentro do que és teu,
Moras em cavernas dentro de mim.

Meus cabelos no teu beijo, tua boca
A me arrancar poesia, a me fazer
Florir em sonhos encantados de
Fadas e anjos, a me oferecer vôos
Pelo céu riscado de esperança e luz.

E tudo em ti me seduz, imperfeições
São tão perfeitas, emudeço, cresço
Em harmonia e entrega, sou gaivota
Abraçando estrelas e luar, sou flor
E pétala, sou delicadeza e esplendor.

E o amor brota gota a gota pela pele,
Escorrendo pelo corpo, anunciando
O prazer...E o amor sou eu e você...
E o tempo pára para nos esperar
Enquanto o desejo deita para amar.

Ah! Teu olhar é rio em correnteza,
É mar de iceberg, é a minha beleza
Escondida em pérola, em silêncio.
E tudo se cala para o teu olhar falar.
E diante dessa inexplicável magia,
Resta-me apenas te amar, te amar...

Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana