A TUA PAZ


Meus dedos
Desenham desejos,
Esculpem líquidos
Doces,tatuam estrelas
Em teus contornos
De sol e céu.

Descubro guardados
Em ti, todos os oceanos
E navego distâncias
De mar e mãos.
Sensação e sentimento
Sem palavras,
Sem tempo.

Bebo tua pele
Sem pressa,
Perdendo um
Pouco de mim
Em tuas histórias
E geografias.
Achando motivos
Para sorver
O teu prazer.

E o limite
É a procura
E a vontade.
Tarde de tarde
Arde...

E cada vez
Que te amo,
Te liberto sempre
Mais.
E cada vez que
Me amas, sinto
A tua paz.

Karla Bardanza









Comentários

Postagens mais visitadas na última semana