DICIONÁRIO DA EMOÇÃO



Quando escolhi a ousadia,

Escrevi nas minhas algemas

O abismo.

Redefini fatos, cortei fotos,

O sabor do saber na ponta

Do coração.



Cortei os cabelos e os pulsos

Do medo, desatei os nós e os segredos,

Bordei com os fios do infinito os

Céus e os deuses.



Quando escolhi a loucura,

Atravessei a rua sem olhar para

Os lados, correndo rumo ao

Sonho e a delicadeza.



Rasguei o passado, perdoei

A mim mesma, me amei

Com o alfabeto do desejo,

Com o dicionário da emoção

Até cair tonta de prazer

Nas minhas próprias mãos.



Quando escolhi o vôo mais alto,

Pulei para outro lado de mim,

Gritando liberdade, falando

Apenas sim.



Karla Bardanza




















































Comentários

Postagens mais visitadas na última semana