EU BEIJEI OS LÁBIOS DA LUA


Eu beijei os lábios da lua

Enquanto a palavra

Nascia-me.

A melodia era apenas

Feita de flauta e flor.

Sons para além da alma.

Talvez fosse o amor

Desabrochando,

Desmanchando

Os meus olhos desabitados.

Talvez fosse o profano

No sagrado.

Segredos de mim guardo

Na eternidade do verbo,

No texto tecido, no mistério

Do instante que já foi,

Sem nunca ter sido.

 
 
Karla Bardanza


































Comentários

Postagens mais visitadas na última semana